Ar a essência da vida

Data da postagem: 8 de janeiro de 2013

A primeira atividade desempenhada por um recém-nascido é a inspiração, antes mesmo de chorar. O choro se origina com a emissão do ar por parte dos pulmões com a ajuda do diafragma, quando o ar atinge as pregas vocais provoca a sua vibração, dando origem aos sons, que são amplificados pela faringe, laringe e boca.

A última atividade desempenhada pelo ser humano é a expiração devolvendo o fôlego de vida que o acompanhou durante toda sua existência. Não podemos negar a importância do ar para manutenção da vida humana, é preciso compreender sua importância e retornarmos a uma respiração correta na idade adulta.

Devemos dar mais importância à respiração. Depois de adultos deixamos de usar um musculo importante para respiração, o diafragma. Sem o uso deste músculo perdemos 70% de nossa capacidade respiratória, a melhor maneira de retornar a respirar da maneira adequada é realizar atividades físicas e exercícios de respiração, na tentativa de reeducar este músculo que em muitos estão inativos há vários anos.

Dentre os órgãos do nosso organismo o cérebro responde pelo consumo de 20% do oxigênio quando o corpo se encontra em repouso, como o cérebro também consome muita energia, entendemos que o oxigênio é fundamental para este órgão para produção de energia a partir da glicose sanguínea permitindo que todas suas funções sejam realizadas. O mais intrigante com relação a este consumo de oxigênio e energia é devido ao peso cerebral ser correspondente a 3% do peso de um adulto, o cérebro é o órgão mais ativo do nosso organismo e sua importância é tal que uma autora americana diz que de cada dez doenças nove tem seu início no cérebro, isso quer dizer que o estilo de vida que levamos prejudica o funcionamento cerebral e favorece a chance de desenvolver inúmeras doenças.

Com restrição de oxigênio, não só o cérebro, mas o corpo como um todo sofre, podendo apresentar, redução no metabolismo gastando menos energia, favorecendo o aumento de peso, dificuldade em dormir, problemas de aprendizagem, concentração, memorização e esquecimento. Uma vida ativa é a melhor opção para favorecer a circulação sanguínea e evitar os problemas relacionados à restrição de oxigênio.

A prática de atividade física melhora a capacidade cardiorrespiratória, e todo o organismo é beneficiado, mas existe um músculo que deve ser priorizado durante a atividade física, este é a panturrilha (vulgo batata da perna). A panturrilha hoje é reconhecida como um músculo que cumpre um papel fundamental para a boa circulação, ele quando bem trabalhado favorece o retorno do sangue dos membros inferiores para o coração, isso devido à pressão que ele exerce sobre os vasos sanguíneos potencializando o trabalho das válvulas.

Antes de dormir deveríamos realizar exercícios de respiração, neste horário já estamos procurando relaxar e o aumento na captação de oxigênio durante estes exercícios favorecerem a chegada do sono e a sua qualidade será melhor. Ao deitar coloque um livro pesado sobre a região abdominal, e faça a inspiração pelo nariz, durante a captação do ar o livro deve ser empurrado para cima e ao soltar o ar o abdômen deve baixar sendo o ar eliminado pela boca, segundo a instrução da figura. Repita este exercício trinta vezes e bons sonhos.

Imagem:  www.shutterstock.com

Por Dr. Ricardo Vargas de Andrade
Nutricionista
CRN-1 5804

 

Categorias: , ,