Deficiência de ferro no organismo

Data da postagem: 29 de maio de 2014

O ferro é essencial para nosso corpo, pois está diretamente ligado à produção de glóbulos vermelhos e ao transporte de oxigênio dos pulmões para todas as células do organismo.

Quando há uma deficiência desse nutriente, desenvolvemos uma doença denominada anemia ferropriva — a mais comum de todas as anemias. No caso, ela pode acontecer nas mulheres durante a gravidez, a amamentação ou o parto. Mas todos estamos sujeitos a sofrermos com a deficiência do ferro devido a carência nutricional ou por causa de parasitoses intestinais.

Os sintomas da anemia ferropriva são vários: falta de apetite, palidez, cansaço, apatia, taquicardia e palpitações. Nos casos mais graves, ocorrem alterações na pele, nas mucosas, nas unhas e nos cabelos — que passam a ser frágeis e quebradiços.

Para evitarmos a deficiência de ferro no organismo, é importante ingerirmos diariamente este nutriente. Isto é possível através de uma alimentação balanceada ou da ingestão de cápsulas. Entre os alimentos ricos em ferro estão carnes, ovos, verduras de folhas escuras, leguminosas e frutas.

No formato de cápsulas, uma boa opção é o Ferro-C: um suplemento essencial para a formação de hemoglobina, que permite o transporte e distribuição de oxigênio aos tecidos do corpo. No caso, a absorção de ferro aumenta com a associação da vitamina C. Além disso, a vitamina C é fundamental para a síntese de colágeno; possui atividade antioxidante e é importante para a recuperação de queimaduras e ferimentos.

Foto: Shutterstock

Categorias: