Frutas e o diabetes

Data da postagem: 18 de setembro de 2014

Muitos diabéticos acreditam que depois de descoberta a doença eles não vão mais poder comer frutas, e muitas vezes recebem a indicação de que não podem mais comer arroz, pão ou macarrão. Fiquem atentos, pois isso é um grande mito!

Para saber quais alimentos devem ser incluídos ou retirados do cardápio é necessário entender o termo “índice glicêmico”, que nada mais é a velocidade que o carboidrato do alimento é absorvido no intestino.

Fibras, proteínas e gorduras têm grande influência neste processo. Entre os três, é mais interessante investir no consumo dos alimentos integrais, que são ricos em fibras, pois essa é a maneira natural de controlar a velocidade de absorção dos carboidratos.

Alimentos com muita proteína pode ser um rico à saúde dos diabéticos. A glicemia elevada gera sobrecarga de trabalho aos rins, e o consumo dessa substância em excesso pode piorar a sobrecarga, favorecendo o aparecimento de insuficiência renal no futuro.

No caso das gorduras, o cuidado deve ser redobrado, pois podem contribuir para o aumento do colesterol e a formação de depósitos de gordura dentro do fígado, conhecida por esteatose hepática no meio médio. A glicemia alta em diabéticos já é um fator que predispõe a formação de gordura, quando associado ao consumo exagerado de alimentos gordurosos, o quadro de esteatose se agrava.

Para controle de glicemia então é indicado o consumo de alimentos integrais, mas o que poderíamos dizer das frutas, elas são integrais?

Bom o termo integral quer dizer integro, não tocado, intacto, ou seja, é um alimento que preserva a sua composição original. Quando tiramos a casca das frutas estamos interferindo na sua composição, retiramos a fibra que é fundamental para controlar o índice glicêmico. É claro que nossa indicação não é você comer toda fruta com casca, afinal acho que banana ou melancia com casca não seria uma boa pedida.

Então o que fazer?

Quando for escolher uma fruta você deve observar algumas características:

– As frutas devem estar maduras, porém não ao ponto de fazer doce. Ao comprar uma banana deve-se observar a sua casca, se ela estiver toda manchada de preto, não leve. Escolha a banana que estiver com sua casca amarela sem as pintas pretas.

– Dê preferência por frutas que você pode comer com a casca, maça, pera, pêssego, nectarina, ameixa, morango, jabuticaba, etc.

– Laranja, mexerica e poncã são frutas que podem ser consumidas por diabéticos, mas nunca devemos desprezar o bagaço, é ele o responsável pelo controle glicêmico.

– Algumas frutas não são indicadas, a menos que você aumente a quantidade de fibras da refeição. Banana muito madura, mamão, abacaxi não devem ser consumidos sozinhos, se você adicionar uma colher de semente de linhaça ou chia poderá consumir, caso contrário não é recomendado.

Para finalizar, é preciso entender que comer a fruta é totalmente diferente de beber um suco de fruta, este não é o mais indicado para o cardápio de um diabético, porque além de desprezar a fibra, ainda concentramos o carboidrato, o que pode gerar um pico de glicose no sangue.

Foto: Shutterstock.

Assinatura-Ricardo-Vargas_021

Categorias: