Genética não é predestinação

Data da postagem: 3 de dezembro de 2014

Você sabe o que é genótipo? E fenótipo? Esses são dois termos utilizado quando o assunto é genética.

O genótipo nada mais é que o material genético herdado dos pais. Seja bom ou ruim é tudo que você recebeu de herança dos seus pais. Já o fenótipo é o meio ambiente que permite ou não que sua herança genética se manifeste.

Vou dar um exemplo. Um dia recebi um paciente que entrou no consultório, jogou um calhamaço de exames na minha mesa e disse “meu pai é hipertenso, minha mãe é hipertensa, meus irmãos são hipertensos e eu já tenho sobrinho hipertenso; veja o que você pode fazer”.

Olhei nos seus olhos e disse “bom dia”. Ele ficou sem graça, pois nem havia me cumprimentado. Comecei a lhe explicar sobre as prováveis causas da hipertensão, sobre como o estilo de vida contribui para o aparecimento das doenças, foi quando ele bateu a mão na mesa e me disse “já chega”, estranhei sua atitude, mas me contive e esperei o que mais ele tinha a dizer. Ele falou “já chega, você já me convenceu, minha hipertensão é genética, herdei todos os hábitos errados da minha família”.

Naquele momento sabia que meu papel estava cumprido, ele já havia compreendido o que era genótipo e fenótipo.

Nossa vida é feita de escolhas, a cada dia podemos dizer sim para o apelo da mídia, das logos espalhadas pelas ruas e shopping centers ou podemos dizer sim para um estilo de vida mais saudável.

Assinatura-Ricardo-Vargas_021

Categorias: