O que comer no período de amamentação

Data da postagem: 17 de setembro de 2014

É importante continuar com hábitos saudáveis após o parto. Principalmente na fase de amamentação do bebê, que é quando ele recebe todos os nutrientes necessários através do leite da mãe.

A necessidade de calorias durante o período da lactação é maior do que no período da gestação, mas atenção: nada de exagerar, afinal, a mãe precisa estar com uma alimentação saudável e equilibrada nesta fase. Siga à risca as recomendações do médico.

No período da lactação a alimentação deve ser balanceada para que não acha falta de nutrientes, seu corpo sabe que neste momento a prioridade é alimentar o bebê e caso sua alimentação seja deficiente você poderá apresentar uma carência nutricional.

Se você ainda consome alimentos refinados (pão branco, macarrão branco ou arroz branco) este é o momento para mudar para o integral. O consumo dos alimentos integrais é a melhor forma de evitar uma carência nutricional, ele promove saciedade prolongada e ainda é menos calórico favorecendo a redução do peso.

Leite e laticínios são alimentos ricos em proteínas, eles podem gerar um aumento da fermentação intestinal causando cólica e desconforto abdominal. O bebê também pode sofrer de cólicas com a ingestão destes alimentos. Dos laticínios o queijo parece ser o que menos causa efeito colateral no bebê, isso não quer dizer que você deve exagerar no seu consumo.

Os feijões também podem ser um problema para as mamães e para os bebês. O feijão além de ser rico em fibra ainda pode conter algumas substâncias que provocam gases, é indicado que você o deixe de molho por pelo menos 12h antes da preparação. Eu ainda sugiro que se você deixar o feijão, grão de bico e a soja de molho por 12h e depois mais 12h numa vasilha com um pano fino cobrindo e no escuro, geralmente dentro do armário o problema será diminuído sensivelmente, pois o grão ira passar pelo estágio de germinação. Lembre-se depois de 12h de molho o grão deve ser lavado em água corrente e colocado numa vasilha sema água.

Canjica, amendoim, cerveja preta e outras dicas da vovó não são indicadas para aumentar a produção de leite. Canjica e amendoim são alimentos muito calóricos e vão promover aumento de peso. Já a cerveja independente da cor contém álcool que passa para o leite do bebê causando inúmeros problemas. O álcool é expressamente proibido para mamães em lactação.

Para aumentar a produção de leite é indicado que a mamãe bebe muita água e chás. Chás estimulantes são desaconselhados, chás como mate, verde, preto, branco, vermelho e amarelo. Use chás de camomila, erva doce, cidreira, Marcela ou chás de frutas como maçã, abacaxi ou maracujá.

Caminhadas leves também ajudam a produzir mais leite, pois melhora a circulação promovendo à chegada de mais sangue as glândulas mamárias.

Tomar sol pela manhã é importante para a mamãe, aumenta a produção da serotonina, um neurotransmissor que melhora o humor, diminui a tensão, reduz a compulsão alimentar e traz felicidade.

As frutas são importantes durante o período da lactação, elas geralmente não são concentradas em calorias, são ricas em fibras e ajudam a mamãe ficar saciada por mais tempo, além de oferecer muitas vitaminas e minerais.

O período da lactação é uma demonstração de amor e carinho para com o bebê por isso aproveite bem.

Amamentar não é uma obrigação e sim um privilégio.

Foto: Shutterstock.

Assinatura-Ricardo-Vargas_02

Categorias: