Volta às aulas

Data da postagem: 11 de fevereiro de 2014

Foto: pt.photl.com

As férias terminaram para muitos, mas até voltarmos ao ritmo normal de estudo leva um tempo. Afinal foram pelo menos quarenta e cinco dias acordando tarde, sem rotina, comendo fora de horário, saindo com os amigos e relaxando para enfrentar um novo ano.

E agora? Como voltar ao ritmo normal? Abaixo coloco algumas dicas para você entrar no eixo o mais rápido possível e tem um bom ano de estudo com notas exemplares e o melhor melhorando a eficiência do estudo.

Quando viajamos para outro país com várias horas de fuso horário a recomendação não é chegar e dormir, mas ficar acordado o máximo de tempo para que a noite de sono seja bem reparadora, a restrição de sono foi algo que a maioria dos alunos viveu neste período de férias. A melhor maneira de entrar no eixo é buscar dormir cedo, o ideal é às 21h e 30 min.

A prática de atividade física é fundamental neste período, o exercício estimula a produção de endorfina uma substância que promove relaxamento muscular, diminuía a tensão e o estresse. Ainda gera estímulo para produção de serotonina um neurotransmissor que aumenta a capacidade de concentração e memorização. O exercício ainda promove cansaço e nos conduz para cama mais cedo.

Aumente a ingestão de água para promover uma boa hidratação do organismo, infelizmente neste período de férias muitos abusaram do consumo de refrigerantes que são ricos em sódio que força a saída de água do organismo. Sem água o cérebro não funciona bem. Sucos, leite, água com gás e chás estimulantes não são considerados substitutos de água, fique alerta!

Evite o consumo de alimentos gordurosos e frituras, eles sobrecarregam o tempo de digestão e não tenha dúvida, vai bater um sono terrível depois da refeição, menos sangue vai para o cérebro e a capacidade de concentração e memorização vão diminuir.

Aumente o consumo de frutas e verduras cruas, elas são fontes de fibras que irão melhorar o funcionamento intestinal, é no intestino que é produzido noventa por cento da serotonina que melhora a memória. As frutas e verduras ainda são ricas em vitaminas e minerais que potencializam o funcionamento cerebral.

Alimentos como castanha de caju, grão de bico, lentilha, arroz integral e espinafre deveriam estar constantemente passeando por nossa mesa no final do dia, eles são fontes de triptofano, aminoácido este que é a matéria prima para produção de serotonina. Quando ingerido a noite ajudam no controle do cortisol, hormônio que gera estresse e acaba com nossa memória e a concentração.

Cuidado, evite os alimentos ricos em estimulantes, eles aumentam a produção do cortisol, os alimentos a ser evitados são: café, refrigerantes a base de cola e energéticos eles possuem cafeína; chá mate, verde, preto, branco, amarelo e vermelho, refrigerantes a base de guaraná eles possuem teína; chocolate ao leite, meio amargo e principalmente o amargo eles contêm teobromina. Todos estes estimulantes não fazem bem ao cérebro.

Coloquem em prática estas dicas e esteja no controle em 2014.

Imagem: www.shutterstock.com

Categorias: